Diferenças entre uma máquina de alimentos e um processador de alimentos

Para ajudar donas de casa para a preparação de vários pratos, estão sendo liberados meios cada vez mais diversos e modernos. Há muitos deles que muitos deixam de ver as diferenças entre este ou aquele equipamento.

A máquina de cozinha e o processador de alimentos são dispositivos diferentes. É importante conhecer as diferenças entre eles para fazer a escolha certa.

As principais diferenças de uma máquina de cozinha de um processador de alimentos

O mercado moderno oferece uma ampla variedade de modelos de processadores e máquinas de alimentos. Os últimos diferem das combinações em determinados parâmetros. Apesar da similaridade do equipamento, a diferença entre eles é a seguinte:

  1. A máquina de cozinha tem mais poderdo que uma colheitadeira. Mas eles executam menos funções;
  2. Máquinas de cozinha têm mais recipientes de grande capacidade. Afinal, eles são destinados a processar produtos em grandes quantidades de cada vez;
  3. Processadores de alimentos são mais compactos. As máquinas têm um tamanho impressionante e são muito barulhentas durante a operação.

Vantagens de Máquinas de Cozinha

Uma máquina de cozinha é necessária para processar grandes quantidades de comida ao mesmo tempo. O dispositivo possui vários bicos e pode reduzir o tempo de processamento e cozimento. A unidade tem um número de vantagens e desvantagens que devem ser consideradas antes de escolher. Entre as vantagens pode ser notado:

  1. Universalidade;
  2. Compacta em funcionalidade;
  3. Alta potência;
  4. Grande capacidade.

Entre as deficiências estão anotadas:

  1. Todos os mecanismos operam em um único drive. Portanto, você não pode executar várias operações ao mesmo tempo. Por exemplo, se você precisar amassar e rasgar, essas ações serão executadas por sua vez;
  2. Se o motor elétrico quebrar, não será possível usar o dispositivo ainda mais. Bocais também não podem ajudar;
  3. Devido às grandes dimensões do dispositivo, transferi-lo é bastante problemático.

Vantagens dos processadores de alimentos

Um processador de alimentos é um equipamento versátil que pode substituir a maioria das outras unidades na cozinha. Combina um liquidificador, um moedor de carne, um liquidificador e outros. Se todas essas funções forem necessárias para você, é melhor comprar um equipamento do que vários dispositivos separados.

A principal vantagem do processador de alimentos é a combinação de várias unidades nele. Separadamente, comprá-los é bastante caro, além disso, eles ocupam mais espaço na cozinha.

A principal desvantagem de tal dispositivo é a necessidade de montá-lo e desmontá-lo constantemente. Lave-o sem esse ritual não vai funcionar.

Importante! Ao projetar uma cozinha, é necessário determinar antecipadamente onde o processador de alimentos será localizado. Então você não tem que obtê-lo constantemente quando você precisar.

Qual é a melhor máquina de alimentos ou processador de alimentos?

Se você tem uma pequena cozinha, definitivamente vale a pena comprar um processador de alimentos. Suas dimensões são muito menores que as de uma máquina de cozinha. O harvester combina todas as unidades necessárias para a preparação de deliciosos pratos de complexidade variada. Além disso, funciona muito mais silencioso do que um carro.

Apesar do menor volume da tigela e do fato de que a colheitadeira é inferior em potência, é ótima para cozinhar em casa.

Dicas para donas de casa na escolha de um dispositivo

Para escolher um processador de alimentos, você deve seguir estas recomendações:

  1. Determine o local da cozinha para a unidade com antecedência. Vai ocupar muito espaço na sala e é importante que você esteja confortável em usá-lo. Quanto mais recursos o equipamento tiver, maior ele será;
  2. É necessário decidir se quer cozinhar carne picada ou suco. Modelos modernos raramente combinam essas duas funções. Se não houver crianças, então o suco pode não ser necessário todos os dias, ao contrário da carne picada;
  3. A taça é feita de plástico, vidro e aço inoxidável. No primeiro caso, é mais leve. A tigela de vidro é fácil de quebrar. O aço é mais adequado para carne picada.

Ao escolher uma máquina de cozinha, guie-se pelos seguintes fatores:

  1. Funcional. Se você planeja usar apenas algumas funções, escolha unidades de baixo custo que tenham apenas um conjunto padrão de recursos;
  2. Tigela. Recipientes de plástico podem ser rapidamente danificados e você tem que comprar um novo, embora pesem um pouco. Taças de vidro podem ser quebradas, mas sujeitas a todas as regras de operação, tal contêiner durará muito tempo. O mesmo se aplica às tigelas de aço inoxidável. No entanto, esses modelos são mais caros;
  3. Poder. Sua faixa é de 450 a 1000 watts. Quanto mais potência, mais rápido a máquina executa a ação, mas ao mesmo tempo o custo dos modelos será maior. Unidades de baixa potência são adequadas para uso raro. Para o processamento regular de um grande número de produtos, vale a pena considerar opções de 700 watts.

Mais sobre a escolha de um processador de alimentos.

Conclusão

Apesar das semelhanças entre o processador de alimentos e a máquina de cozinha, existem diferenças. As principais diferenças são potência, tamanho do recipiente e dimensões do modelo. A colheitadeira combina vários tipos de equipamentos, para que você possa economizar espaço na cozinha e dinheiro para sua compra.

Loading...

Deixe O Seu Comentário